Fibromialgia: o que é, quais são os sintomas e tratamento

Atualizado: Mar 11


Em 90% dos casos, a fibromialgia atinge mulheres entre 35 e 50 anos.

A fibromialgia é uma doença caracterizada por dor crônica em várias partes do corpo e faz parte da campanha Fevereiro Roxo. As dores manifestam-se especialmente nas articulações e tendões.


Em 90% dos casos, a fibromialgia atinge mulheres entre 35 e 50 anos, mas pode ocorrer também em crianças, adolescentes e idosos.


Causa da fibromialgia

A causa específica dos desconfortos provocados pela doença ainda é desconhecida. No entanto, sabe-se que ela não é uma doença autoimune nem inflamatória.


Segundo a médica reumatologista, docente da faculdade de medicina da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), mestre em ciências da saúde e supervisora do programa de clínica médica e preceptora do programa de reumatologia da UFU, Juliana Markus, “do ponto de vista da ciência a cauasa ainda está em aberto: se são condições sociais associadas à predisposição genética na percepção da dor.” Segundo a médica, existem vários perfis de pacientes. “Pessoas que têm dor e possuem depressão primária associada; pessoas que sofreram perdas violentas ou foram vítimas de violência; pessoas sequeladas de outras doenças e que têm dor localizada e que passam a ter o mecanismo de sensibilização central como mecanismo de dor generalizada.”


Sintomas da fibromialgia

Quando questionada sobre os sintomas, Juliana Markus fala sobre “ a dor difusa em todo o corpo, não necessariamente de forma simultânea. Em algum momento lombalgia, insônia, outros sintomas associados à dor de cabeça, tontura, síndrome do intestino irritável.”

Além disso:

  • Fadiga;

  • Falta de disposição e energia;

  • Alterações do sono que é pouco reparador;

  • Síndrome do cólon irritável;

  • Sensibilidade durante a micção;

  • Cefaleia;

  • Distúrbios emocionais e psicológicos.

Principais pontos de dor na fibromialgia | Site Drauzio Varella

Diagnóstico da fibromialgia

Não existe um exame para detectar a doença. O diagnóstico é feito pelo médico reumatologista a partir do relato e do histórico do paciente e por exames que são feitos para descartar outras possíveis causas que podem explicar sintomas semelhantes e conforme as possibilidades vão sendo descartadas, fica mais claro o diagnóstico da fibromialgia.

Fibromialgia tem cura?

A fibromialgia é uma doença crônica. Isso significa que não tem cura, mas existe tratamento para controlar os sintomas.

O tratamento da doença é multidisciplinar e envolve:

  • Uso de analgésicos e anti-inflamatórios associados a antidepressivos tricíclicos,

  • Atividade física regular;

  • Acompanhamento psicológico e emocional;

  • Massagens e acupuntura.

Além disso, a médica Juliana Markus reforça que antes de iniciar o tratamento, é necessário identificar o perfil do paciente e que cada tratamento é individualizado. ”Se houver depressão temos que tratar a depressão. Sempre enfrentar a insônia, com medidas de higiene do sono, atividade física regular, e se necessário medicamentos. Existem um amplo espectro de opções que devem ser individualizados para cada caso.”


Publicado por Fui / Verônica Jellifes


6 visualizações0 comentário

ATENDIMENTO

REDES SOCIAIS

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube

Copyright @2020 FuiApp. Todos os direitos reservados.