É real, oficial! Temos a vacina contra a Covid-19

Atualizado: há um dia


A Anvisa autorizou no último domingo o uso emergencial das primeiras 6 milhões de doses da vacina da CoronaVac.

A notícia que todos estavam aguardando foi confirmada: temos vacina! No último domingo (17), a Anvisa autorizou o uso emergencial da CoronaVac, a vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a companhia biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech.


O pouco número de vacinas disponíveis até agora é a grande preocupação de especialistas. Tudo que o Brasil possui até agora são 6 milhões de doses da vacina CoronaVac. “A gente precisa avançar. Isso está considerado no documento que o ministério apresentou no mês passado. A gente precisa avançar nessas negociações. Não só com novos fabricantes, mas o fechamento, a concretização dessas negociações já feitas, com o envio das vacinas contratadas pelo Brasil”, afirma Isabella Ballalai, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações.


O ministério fez a divisão: a região Norte vai receber 708 mil doses; o Nordeste, quase 1,5 milhão de doses; o Sudeste, pouco mais de 2,5 milhões; o Sul, 750 mil; e o Centro-Oeste, 574 mil doses.


A autorização dada domingo pela agência foi para as primeiras 6 milhões de doses da vacina. Nesta segunda-feira (18), o Instituto Butantan pediu à Anvisa o registro emergencial para um segundo lote de 4,8 milhões de doses da CoronaVac, que foram finalizadas, envasadas e rotuladas pelo Instituto.

A Anvisa informou que recebeu o pedido e já iniciou a análise. Em 24 horas, responde se os documentos estão aprovados e, no máximo em dez dias, se autoriza ou não o uso emergencial.

O governo também contava com 2 milhões de doses da vacina da Universidade de Oxford com o laboratório AstraZeneca, em parceria com a Fiocruz. No entanto, a negociação do governo brasileiro com o governo indiano fracassou e as vacinas continuam na Índia.

Um problema para o avanço nas conversas, segundo o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, é o fuso horário da Índia, mas ele afirma que espera receber as vacinas ainda esta semana. “Todos os dias nós temos tido reunião, reuniões diplomáticas com a Índia, todo dia. O fuso horário é muito complicado. Não há uma resposta positiva de saída até agora. Está sinalizado para os próximos dias desta semana o embarque da carga para cá. Nós estamos contando com essas 2 milhões de doses para que a gente possa atender mais ainda a população”, disse Pazuello.

Embora ainda não tenhamos o número de doses suficientes para vacinar a população, é um alívio saber que a vacina existe, tem eficácia comprovada e foi aprovada pela Anvisa. Agora, é aguardar a produção de mais doses, continuar tomando todos os cuidados necessários e, quando for possível, comparecer a este evento memorável.

Publicado por Fui / Gabriela Castro e Verônica Jellifes


4 visualizações0 comentário

ATENDIMENTO

REDES SOCIAIS

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube

Copyright @2020 FuiApp. Todos os direitos reservados.