Aplicativo de transporte: como economizar?


Desde que o primeiro aplicativo de transporte começou a rodar no Brasil, em 2014, utilizar este serviço passou a fazer parte da rotina de muitas pessoas. Seja para ir ao trabalho, ao shopping, fazer compras no supermercado, enfim, as pessoas precisam se deslocar e são muitas as vantagens oferecidas pelos aplicativos de transporte. Especialmente quando o preço é compensador, as pessoas não pensam duas vezes antes de chamar um carro.


Uma das principais vantagens é o conforto. O fato de não precisar de se preocupar em dirigir, ou no caso de quem utiliza o transporte público, não ter que enfrentar a superlotação, ficar em pé por muito tempo, enfim, o conforto é incontestável. Outro ponto que faz as pessoas pagarem para usar o serviço, especialmente, neste momento de pandemia em que estamos vivendo, é não precisar enfrentar aglomerações, o que acontece com muita frequência nos ônibus. Mas é preciso estar atento à questão financeira, pois diversos fatores podem interferir no custo da corrida e, consequentemente, no quanto você vai gastar, principalmente, se você utiliza com frequência. Então, se você quer saber como pode economizar utilizando os aplicativos de transporte, continue lendo este post.


1 - Compare os preços

Normalmente, não existe apenas um aplicativo de transporte nas cidades. Portanto, se esse for o caso da sua, o primeiro passo para economizar é comparar os preços. Você pode fazer isso simulando a corrida em cada aplicativo, ou utilizando apps que são especializados no assunto e podem tornar essa tarefa mais fácil, como o Vou D, cujo foco é transporte público, mas também traz comparativos de caronas pagas e táxis. O Google Maps também pode ajudar, além de ser GPS e mostrar os melhores trajetos de carro, ônibus, metrô/trem e também para quem anda a pé, ele compara os preços dos principais aplicativos de transporte ou carro particular.


2 - Fique atento ao horário e condições climáticas

Alguns fatores interferem no valor da corrida, como o horário e a distância. Portanto, se você precisa utilizar o serviço em horários de pico ou em dias em que a previsão é de chuva, por exemplo, tente chamar a corrida um pouco antes do horário de pico em si, pois minutos podem fazer diferença no preço. O mesmo vale para dias chuvosos, se possível tente chamar o veículo quando ainda não estiver chovendo.


3 - Faça uma parte do trajeto de transporte público

Como dito no início do texto, o conforto entre andar de app de transporte e transporte público é incomparável, no entanto, como foi abordado no segundo tópico, a distância é um fator que interfere no preço da corrida. Portanto, é viável que você faça os cálculos e, dependendo da distância, percorra uma parte do trajeto de transporte público e o restante utilizando carro de aplicativo. É claro que em tempos de pandemia, se não pesar no seu orçamento, vale pagar um pouco mais e utilizar apenas o app, mas é claro que isso depende de diversos fatores.


Gostou das dicas? Compartilhe esse post nas suas redes sociais e não deixe de conhecer o Fui, um aplicativo de transporte que possui uma das menores tarifas mínimas do mercado tem buscado, cada vez mais, aprimorar a qualidade do serviço, do conforto e da segurança para nossos motoristas e passageiros.


Publicado por Fui / Verônica Jellifes


9 visualizações0 comentário

ATENDIMENTO

REDES SOCIAIS

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube

Copyright @2020 FuiApp. Todos os direitos reservados.