21 de janeiro: Dia Mundial da Religião


Em virtude da colonização portuguesa, o Brasil é um país predominantemente cristão católico.

Dia 21 de janeiro é comemorado o Dia Mundial da Religião. O termo religião pode ser definido como um conjunto de crenças e práticas sociais relacionadas com a noção de sagrado. A palavra, tem origem no idioma latino e vem da expressão “religio”, cujo significado concreto e sua exata referência são alvos de debate.


A teoria mais aceita é a de que o termo “religio” faz menção à ideia de religação do homem com o sagrado. Do ponto de vista moderno, o conceito de religião está relacionado ao conjunto de crenças e visões de mundo que formam as noções de religiosidade e espiritualidade do ser humano.


A religião surgiu durante os períodos Paleolítico e Neolítico e nas primeiras sociedades humanas, a prática religiosa era uma forma que o homem usava para explicar fenômenos da natureza como a chuva, vento, eclipses, etc.


Toda e qualquer cultura ou civilização desenvolveu um sistema religioso ou, antes, desenvolveu-se junto a esse sistema. Entre as principais religiões do mundo, encontram-se aquelas com mais complexidade de organização e maior envergadura teológica.


É o caso das religiões abraâmicas (Judaísmo, Cristianismo e Islamismo) e das religiões asiáticas, como o Hinduísmo, o Budismo, o Confucionismo, o Xintoísmo e o Taoismo. No continente africano, destacam-se o Vodu e o Candomblé.


O Brasil, em virtude da colonização portuguesa, é predominantemente cristão católico. Além disso, há outras variantes religiosas, como o Evangelismo, o Espiritismo, a Umbanda (que nasceu do sincretismo entre o catolicismo popular e o Candomblé) e o próprio Candomblé, herdado da África.


Uma Pesquisa Datafolha publicada em janeiro de 2020, pelo jornal "Folha de S.Paulo" aponta que 50% dos brasileiros são católicos, 31%, evangélicos, e 10% não têm religião. Ainda de acordo com o levantamento, as mulheres representam 58% dos evangélicos e são 51% entre os católicos.


Religião dos brasileiros


Católica: 50%

Evangélica: 31%

Não tem religião: 10%

Espírita: 3%

Umbanda, candomblé ou outras religiões afro-brasileiras: 2%

Outra: 2%

Ateu: 1%

Judaica: 0,3%


O Brasil é um país com muita diversidade em suas religiões. Infelizmente, ainda é recorrente no país os casos de intolerância religiosa — ato de discriminar, ofender e rechaçar religiões, liturgias e cultos, ou ofender, discriminar, agredir pessoas por conta de suas práticas religiosas e crenças —. A Fui é totalmente contra qualquer forma de preconceito e intolerância. Acreditamos que todas as religiões e seus adeptos devem ser respeitados.


Publicado por Fui / Gabriela Castro e Verônica Jellifes

6 visualizações0 comentário

ATENDIMENTO

REDES SOCIAIS

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube

Copyright @2020 FuiApp. Todos os direitos reservados.